Página Inicial







Sudão do Sul: Auxílio humanitário chega a Juba
15 de Julho de 2016

Um grupo de camiões chegou a um dos locais de proteção de civis das Nações Unidas na capital sul-sudanesa. Mais de 270 pessoas morreram e 36 mil foram deslocadas na capital, Juba.

 

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) anunciou que está a avaliar as necessidades humanitárias enquanto procura familiares de crianças separadas dos pais durante a fuga de várias famílias dos combates no Sudão do Sul.

 

Em cooperação com outras agências, a meta é fazer chegar ajuda a 50 mil afetados pelos mais recentes confrontos que opuseram as forças leais ao presidente Salva Kiir e as do primeiro vice-presidente Riek Machar.

 

O representante do Unicef no Sudão do Sul, Mahimbo Mdoe, mencionou "condições terríveis" enfrentadas pelos mais atingidos pelos combates. As maiores necessidades incluem água, alimentos e assistência médica.

 

Mdoe disse que a resposta em curso vai continuar a crescer, mas é vital que haja capacidade para chegar a todos os carenciados sendo para isso "necessário um acesso humanitário sem restrições".



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados