Página Inicial







Vaticano: Agradecimento do Papa às Missionárias Combonianas
22 de Junho de 2016

Em carta o Papa agradece a superiora das Missionárias Combonianas, irmã Dorina Tadiello, autora do livro “Matthew Lukwiya. Um médico mártir de Ébola”.

 

“Sejam o hospital de campanha mais próximo para os abandonados do nosso tempo”. Assim indica o Papa Francisco na carta de agradecimento enviada à irmã Dorina Tadiello, superiora provincial na Itália das Missionárias Combonianas, autora do livro Matthew Lukwiya. Um médico mártir de Ébola, recentemente publicado por EMI.

 

“O doutor Matthew Lukwiya dedicou-se com grande valor ao cuidado dos doentes de Ebola. Conhecer a sua história me fez muito bem”, afirma o Pontífice na carta, destacando a valentia do médico que faz crescer a sua “esperança pelo futuro da África que pode contar com tantas mentes e corações generosos capazes de curar as feridas de muitos pobres que para nós são a carne de Jesus”.

 

No livro a religiosa conta a história deste valente médico ugandês, seu companheiro de trabalho no Lacor Hospital de Gulu, no norte da Uganda, durante a epidemia de Ebola que assolou o país no começo do ano 2000. Foi precisamente durante o exercício da sua profissão que o doutor Lukwiya contraiu o vírus que o levou à morte.

 

O Papa Francisco também agradece à irmã Tadiello pela obra realizada por ela no Uganda como médica e missionária, incentivando-a, e as suas irmãs, a “imitar a compaixão de Jesus que cura e regenera a humanidade”.



© copyright Missionários Combonianos - Revista Além-Mar | Todos os direitos reservados